Explodido - "A Princesa de Gelo", de Camilla Läckberg


Leitura: 27 Dez 2010 a 3 Jan 2011
Editor: Oceanos
Páginas: 399
Sinopse: aqui
Tradução: Ricardo Gonçalves



Autora
Camilla Läckberg




Tiro Opinativo:


Este livro foi um vício, em que não conseguia parar de ler, até saber o final! Ontem, esteve nevoeiro cerrado até ao fim da tarde, o que foi perfeito para esta leitura!

Trata-se de um policial leve, cujo enredo decorre numa pequena vila da Suécia, onde a coscuvilhice e os rumores são facilmente espalhados. Esta vila “hiberna” durante o Inverno, tudo é encoberto pela neve. E é precisamente nesta época que Alex é encontrada morta na banheira da sua casa, completamente congelada, com os punhos cortados pela lâmina de barbear. Suicídio ou homicídio? A investigação revela que é homicídio.

Iremos acompanhar os dois personagens (a Erica - autora de biografias e melhor amiga de infância da vítima assassinada, e o Patrick - polícia local) no desvendar de todo mistério.
Achei genial a forma como as pistas se juntam como peças de puzzles e como as entrevistas são feitas aos suspeitos. Felizmente, mantive-me atento e concentrado. Antes da revelação, fiz o esquema de todos os suspeitos e adivinhei o tipo de ligação que um personagem tinha com o outro e que segredos todos guardavam. Gosto de me armar em detective, pois activa os neurónios. E, para o meu entusiasmo eufórico, acertei em todos personagens: quem eles eram e o que tinha acontecido à Alex. Mas, em relação ao assassino, falhei. Não reparei num pormenor tão fugaz. Ainda bem, pois gosto de surpresas.

Este livro está catalogado como Romance Policial. Portanto, não se centra apenas no assassinato, como também se centra nos personagens. Iremos conhecer a Erica, a sua irmã mais nova, os seus sobrinhos, o seu passado, os seus sonhos, medos e inseguranças, etc. Temos assim uma proximidade e uma empatia com esta personagem feminina. E também iremos conhecer o Patrick. E, como não podia deixar de ser, há previsibilidade de surgir um romance entre os dois (ups, perdão, este spoiler!) Mas gostei desta quimica sexual entre os dois misturada com um humor que me despoletou divertidas gargalhadas. Os dois personagens tornaram este policial no bom entretenimento.

Esta autora foi uma boa descoberta e irei ler mais livros dela. Já saiu o segundo e verifiquei que aparecem os mesmos personagens.


Classificação:Cartucho de Prata



À Caça de Adversários:


Bibliomigalhas


Sofia e os Livros



Porta-Livros
O Prazer de Ler
Refúgio dos Livros

A Minha Biblioteca

(Mais adversários que se acusem!)

7 comentários:

  1. tenho tido bastante curiosidade em relação a este livro, não só pelas críticas que tenho lido, mas principalmente pela capa que me diz qualquer coisa talvez ainda durante este novo ano pense em lê-lo. um abraço.

    ResponderEliminar
  2. Não leio muitos policiais, mas gosto de o fazer de vez em quando. Este livro parece-me muito bom tanto mais que tenho lido comentários muito bons... Vou te de o ler tá visto! Bom ano!

    ResponderEliminar
  3. Ando ao mesmo tempo com curiosidade e com receio de avançar para os policiais nórdicos... Não sou muito de me deixar levar pelas "modas" literárias, mas realmente as críticas têm sido muito boas... Tenho estes dois em lista de espera, mas acho que vou começar pelo Lars Kepler :P

    ResponderEliminar
  4. nclivros,
    Penso que vais gostar, põe os neuronios a trabalhar! É mais indicado para o fim-de-semana descontraido e chuvoso.
    Abraço.

    cris,
    vais gostar deste policial. Tem romance, drama familiar, crime, tudo misturado. Sentirás uma empatia com a Erica, uma das personagens principais.
    Beijinhos

    Lígia,
    eu também estava receoso de que pudesse não gostar deste livro e veio-me surpreender. Foi divertido pôr-me na pele de "detective"! ;O) Quando te apetecer policiais nórdicos, força! Começa pelo lars keppler, tem que ser, pois é uma "missão" a ser obrigatoriamente cumprida, senão...! :D
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Adorei a tua opinião, deixou-me super curiosa.
    Este livro vai definitivamente para a minha lista de livros a ler! :)

    ResponderEliminar
  6. Olá
    Também li este livro e o meu comentário em outros locais foi:
    "Ainda se nota uma certa imaturidade na escrita, como por exemplo no uso constante de nomes próprios. O romantismo também é relativamente inocente, mas bem conseguido dado que a autora consegue transmitir muito bem todas as sensações que ocorrem no inicio de um relacionamento, nomeadamente a excitação e o receio que tornam o mesmo tão estimulante. O enredo em si é muito interessante e a autora consegue criar um deslizar muito positivo entre todos os actos - e são muitos. Por vezes dava por mim a pensar que ela se tinha esquecido de esclarecer um ponto, mas a explicação vinha logo no parágrafo seguinte, numa sequência bem conseguida. Pormenores do inicio da obra foram perfeitamente entrelaçados ao longo da mesma e TODAS as personagens foram psicologicamente bem apresentadas. É claramente uma obra escrita por uma mulher e tem algumas nuances de Minette Walters, em particular a profunda análise da psique das personagens. Em duas palavras... Excelente e Refrescante!"
    Aconselho a quem leu e gostou, a ler Minette Walters, em particular : A casa do gelo, A escultora, A máscara da desonra, A câmara escura e mais recente The devil's feather (acho que não há ainda tradução para português)

    ResponderEliminar
  7. Esta é a minha primeira ''aparição'' neste blog, cujas escolhas literárias e respetivas opiniões me agradaram muitíssimo!! Congratulo o guerreiro literário pela luta incessante por literatura de qualidade.
    Apesar de ser uma fã incondicional de clássicos, as escolhas aqui apresentadas inspiram-me.! A próxima leitura vai ser mesmo a Princesa de Gelo.
    Ter-me-ão por cá mais vezes.

    ResponderEliminar